skip to Main Content

Levi Ramiro

Natural de Uru, pequena cidade do interior Paulista, o violeiro e artesão é conhecido por tocar em instrumentos que ele próprio fabrica como as violas de cabaça. Com base nos valores da cultura popular e misturando elementos que formam nossa música Brasileira, Levi Ramiro celebra em suas composições a poesia e simplicidade da vida interiorana. Músicas registradas até aqui em dez álbuns autorais e em álbuns de outros artistas.

De formação autodidata, Iniciou-se na música tocando violão popular. No começo da década de noventa adota a viola como principal instrumento absorvendo seu universo cultural que veio de encontro com suas raízes, motivo pelo qual ampliou sua produção musical tanto na arte de tocar como fabricar este instrumento.

Participou recentemente da 18ª edição do projeto Sonora Brasil tema Violas Brasileiras biênio 2015/2016 promovido pelo Sesc conhecido como o maior projeto de circulação musical do Brasil. Além de outros três grupos, Levi Ramiro ao lado do amigo Paulo Freire representando a Viola do Sertão e a Viola Caipira circularam por todos os Estados do Brasil. http://www.sesc.com.br/portal/cultura/ musica/sonora_brasil/

Recebeu o Prêmio Rozini 2010 Excelência da Viola Caipira junto com os violeiros; Rogério Gulin, Índio Cachoeira e Marcos violeiro na categoria de Violeiro solo.

Após ficar como finalista do Festival Syngenta de Viola Instrumental em 2004, foi anfitrião da série Circuito Syngenta de Viola Instrumental 2009 e 2010, tocando em inúmeros teatros pelo Brasil dividindo o palco com músicos e violeiros de expressão nacional. www.ciruitosyngentadevi- ola.com.br

Em 2005 foi selecionado para o projeto Rumos musicais do Itaú cultural com material registra- do em CD e DVD que tem por objetivo mapear e divulgar a produção musical Brasileira em todas as tendências.

Além de apresentar-se por todo o Brasil com diferentes formações, promove oficinas de iniciação da viola, oficina de Ritmos Caipiras, a oficina Convivência com a Viola e a oficina Fabricação da Viola de Cabaça.

Tem participação em discos de vários artistas tocando sua viola e na direção musical dos discos de amigos como: João Bá, Socorro Lira, Daniel de Paula, Júlio Santin, Carlos Vergalim, Jackson Ricarte e Adriano Rosa.

Discografia:

  • Maracanãs (Independente) 1997
  • Viola de todos os cantos (Devil discos) 2001
  • Mais uma saudade (Devil discos) 2005
  • Nosso quintal (Independente) 2008
  • Trilha dos coroados (ProAC SP) 2009
  • Prosa na base do ponteio (ProAC SP) 2013
  • Capiau (Independente) 2014
  • Remanso (Independente) 2015
  • Purunga (Independente) 2017
  • Duas pontes (Independente) 2018